• 967 224 138
  • Contactos

Dar coisas aos nomes

Manuel Castro Caldas
Assírio e Alvim
Português PT

Estado : Como Novo
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€8
Mais detalhes
  • Código
  • LT002546
  • Detalhes físicos
  • Dimensões
  • 16,00 x 3,00 x

Descrição

O presente volume reúne textos que o autor foi publicando ao longo dos anos em diversas edições dispersas e fornece uma visão ampla e esclarecida, não só sobre o panorama das artes plásticas em Portugal, mas também sobre o seu ensino.

«Os textos seleccionados atravessam um período de duas décadas. Possuem dimensões muito diferentes e respondem a estímulos distintos: surgem associados a exposições individuais de artistas consagrados, acompanham primeiras exposições, contextualizam apresentações colectivas no âmbito de uma colecção de arte, decorrem de contextos mui to específicos. Apesar dessa heterogeneidade, entendeu-se apresentá-los sem recorrer a divisões temáticas e por ordem cronológica, reforçando a ideia de uma forte unidade que, pensamos, resul ta da sua leitura. Esta reside, sobretudo, numa atitude de procura sempre do lado do trabalho sobre o qual se reflecte, perto da génese das obras e das questões particulares e gerais da produção artística.

Neste sentido, os textos constituem um esforço de clarificação. Contribuem para o entendimento daquela obra, põem em cena uma atenção aos dispositivos que constituem aquela apresentação e aquela existência no mundo — e no mundo da arte. Uma vez agrupados, todos estes escritos nos parecem andar à volta de um mesmo lugar, ensaiando pretextos para pensar algo que não consegue ser capturado de outro modo.»

Dar coisas aos nomes

€8

Manuel Castro Caldas
Assírio e Alvim
Português PT
Estado : Como Novo
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Código
  • LT002546
  • Detalhes físicos

  • Dimensões
  • 16,00 x 3,00 x
Descrição

O presente volume reúne textos que o autor foi publicando ao longo dos anos em diversas edições dispersas e fornece uma visão ampla e esclarecida, não só sobre o panorama das artes plásticas em Portugal, mas também sobre o seu ensino.

«Os textos seleccionados atravessam um período de duas décadas. Possuem dimensões muito diferentes e respondem a estímulos distintos: surgem associados a exposições individuais de artistas consagrados, acompanham primeiras exposições, contextualizam apresentações colectivas no âmbito de uma colecção de arte, decorrem de contextos mui to específicos. Apesar dessa heterogeneidade, entendeu-se apresentá-los sem recorrer a divisões temáticas e por ordem cronológica, reforçando a ideia de uma forte unidade que, pensamos, resul ta da sua leitura. Esta reside, sobretudo, numa atitude de procura sempre do lado do trabalho sobre o qual se reflecte, perto da génese das obras e das questões particulares e gerais da produção artística.

Neste sentido, os textos constituem um esforço de clarificação. Contribuem para o entendimento daquela obra, põem em cena uma atenção aos dispositivos que constituem aquela apresentação e aquela existência no mundo — e no mundo da arte. Uma vez agrupados, todos estes escritos nos parecem andar à volta de um mesmo lugar, ensaiando pretextos para pensar algo que não consegue ser capturado de outro modo.»