• 967 224 138
  • Contactos

O imperador de todos os males – Uma biografia do cancro

Siddhartha Mukherjee
Bertrand
Português PT

Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€12
Mais detalhes
  • Ano
  • 2012
  • Idioma Original
  • Inglês
  • Tradutor
  • Miguel Coutinho, Raquel Dutra Lopes
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT004620
  • ISBN
  • 9789722523943
  • Detalhes físicos
  • Dimensões
  • 15,00 x 23,00 x
  • Nº Páginas
  • 724

Descrição

Em O Imperador de Todos os Males, Siddhartha Mukherjee, médico, investigador e autor premiado de obras de carácter científico, examina o cancro com a precisão de um biólogo dedicado ao estudo das células, com a perspectiva de um historiador e com a paixão de um biógrafo. O resultado é uma crónica espantosamente lúcida e eloquente de uma doença com que os seres humanos têm convivido - e de que têm morrido - desde há mais de cinco mil anos. A história do cancro é a história não só da perseverança, da resistência e do engenho, mas também do atrevimento, da arrogância e dos equívocos humanos, tudo isto alavancado contra uma doença que, há apenas três décadas, se julgava poder vencer facilmente, numa «guerra total contra o cancro».

O imperador de todos os males – Uma biografia do cancro

€12

Siddhartha Mukherjee
Bertrand
Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Ano
  • 2012
  • Idioma Original
  • Inglês
  • Tradutor
  • Miguel Coutinho, Raquel Dutra Lopes
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT004620
  • ISBN
  • 9789722523943
  • Detalhes físicos

  • Dimensões
  • 15,00 x 23,00 x
  • Nº Páginas
  • 724
Descrição

Em O Imperador de Todos os Males, Siddhartha Mukherjee, médico, investigador e autor premiado de obras de carácter científico, examina o cancro com a precisão de um biólogo dedicado ao estudo das células, com a perspectiva de um historiador e com a paixão de um biógrafo. O resultado é uma crónica espantosamente lúcida e eloquente de uma doença com que os seres humanos têm convivido - e de que têm morrido - desde há mais de cinco mil anos. A história do cancro é a história não só da perseverança, da resistência e do engenho, mas também do atrevimento, da arrogância e dos equívocos humanos, tudo isto alavancado contra uma doença que, há apenas três décadas, se julgava poder vencer facilmente, numa «guerra total contra o cancro».