• 967 224 138
  • Contactos

O Grande Meaulnes xx

LT003227
1991
Alain-Fournier

Editora Círculo de Leitores
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Capa dura, com sobrecapa
Disponib. - Indisponível

€10
Mais detalhes
  • Ano
  • 1991
  • Idioma Original
  • Francês
  • Tradutor
  • Maria Gabriela Corte-Real Braga
  • Capa
  • José Teófilo Duarte
  • Código
  • LT003227
  • Detalhes físicos
  • Nº Páginas
  • 196 + XVIII

Descrição

Introdução de Regina Louro.

François Seurel recorda quando, aos 15 anos, desenvolveu uma grande amizade com Augustin Meaulnes, dois anos mais velho. François é filho do Sr. Seurel – um director de escola numa aldeia de Sologne, uma região rural de lagos e florestas – e inicia a sua narrativa quando Augustin Meaulnes se junta à sua turma, em Novembro de 1890. O carisma de Augustin rapidamente faz com que todos os meninos da turma o idolatrem, queiram ser seus amigos e logo o passem a tratar por Grande Meaulnes. Um dia, sob o pretexto de ir buscar uns visitantes à cidade, Meaulnes leva um cavalo e um carrinho da escola, e desaparece por três dias, sem qualquer explicação. Quando regressa, cansado e atordoado, parece muito renitente a contar o que se passou nesses três dias de ausência. No entanto, aos poucos, Meaulnes confia o seu segredo ao seu amigo François.

O Grande Meaulnes xx

€10

LT003227
1991
Alain-Fournier
Editora Círculo de Leitores
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Capa dura, com sobrecapa
Disponib. - Indisponível

Mais detalhes
  • Ano
  • 1991
  • Idioma Original
  • Francês
  • Tradutor
  • Maria Gabriela Corte-Real Braga
  • Capa
  • José Teófilo Duarte
  • Código
  • LT003227
  • Detalhes físicos

  • Nº Páginas
  • 196 + XVIII
Descrição

Introdução de Regina Louro.

François Seurel recorda quando, aos 15 anos, desenvolveu uma grande amizade com Augustin Meaulnes, dois anos mais velho. François é filho do Sr. Seurel – um director de escola numa aldeia de Sologne, uma região rural de lagos e florestas – e inicia a sua narrativa quando Augustin Meaulnes se junta à sua turma, em Novembro de 1890. O carisma de Augustin rapidamente faz com que todos os meninos da turma o idolatrem, queiram ser seus amigos e logo o passem a tratar por Grande Meaulnes. Um dia, sob o pretexto de ir buscar uns visitantes à cidade, Meaulnes leva um cavalo e um carrinho da escola, e desaparece por três dias, sem qualquer explicação. Quando regressa, cansado e atordoado, parece muito renitente a contar o que se passou nesses três dias de ausência. No entanto, aos poucos, Meaulnes confia o seu segredo ao seu amigo François.