• 967 224 138
  • Contactos

A República (Pbl.)

LT011589
2010
Platão

Editora Público
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€15
Mais detalhes
  • Ano
  • 2010
  • Idioma Original
  • Grego
  • Tradutor
  • Elísio Gala
  • Código
  • LT011589
  • Detalhes físicos
  • Dimensões
  • 13,00 x 20,00 x
  • Nº Páginas
  • 566

Descrição

Esta obra fundamental de Platão trata da estrutura do Estado utópico por ele idealizado, o qual assenta na sua ideia de absoluto. A República, as Leis, as Cartas e as três malogradas viagens de Platão a Siracusa revelam bem o seu desejo de fundar este Estado, à frente do qual deveria colocar-se a filosofia. Para ele, só o filósofo, o homem de ciência, de intenções teoréticas, poderia bem governar os outros homens. Quer dizer, administrando, possuindo a terra e as fontes de produção, erguer-se-ia uma minoritária elite de pensadores; servindo, arando e fabricando, formigaria a população, a quem seria, na sua maior parte, vedada a luz da cultura, única via emancipadora. Será desnecessário dizer-se, por conseguinte, que se trata de uma obra fundamental tanto para estudiosos de Filosofia, como para todas as pessoas cultas em geral.


A República (Pbl.)

€15

LT011589
2010
Platão
Editora Público
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Ano
  • 2010
  • Idioma Original
  • Grego
  • Tradutor
  • Elísio Gala
  • Código
  • LT011589
  • Detalhes físicos

  • Dimensões
  • 13,00 x 20,00 x
  • Nº Páginas
  • 566
Descrição

Esta obra fundamental de Platão trata da estrutura do Estado utópico por ele idealizado, o qual assenta na sua ideia de absoluto. A República, as Leis, as Cartas e as três malogradas viagens de Platão a Siracusa revelam bem o seu desejo de fundar este Estado, à frente do qual deveria colocar-se a filosofia. Para ele, só o filósofo, o homem de ciência, de intenções teoréticas, poderia bem governar os outros homens. Quer dizer, administrando, possuindo a terra e as fontes de produção, erguer-se-ia uma minoritária elite de pensadores; servindo, arando e fabricando, formigaria a população, a quem seria, na sua maior parte, vedada a luz da cultura, única via emancipadora. Será desnecessário dizer-se, por conseguinte, que se trata de uma obra fundamental tanto para estudiosos de Filosofia, como para todas as pessoas cultas em geral.