• 967 224 138
  • Contactos
Guia da Barcelona de Carlos Ruiz Zafón xx

Guia da Barcelona de Carlos Ruiz Zafón xx

LT003360
2008
Sergi Doria

Disponib. - Indisponível

€10
Mais detalhes
  • Ano
  • 2008
  • Idioma Original
  • Castelhano
  • Tradutor
  • Maria do Carmo Abreu
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT003360
  • ISBN
  • 9789896570002
  • Detalhes físicos
  • Nº Páginas
  • 239

Descrição

Prólogo de Sergio Vila-Sanjuán. Sergi Doria cartografa, em oito emocionantes rotas, os cenários barceloneses de três das obras de maior êxito do autor Carlos Ruiz Zafón: A Sombra do Vento, O Jogo do Anjo e Marina. Antes de explicar este livro, alertamos para aquilo que ele não é. Encontramos citações romanescas, mas não é um tratado de literatura; aparecem planos de Barcelona, mas não é um guia turístico. Também não é um ensaio histórico, embora factos e cronologias balizem o seu percurso. Do obscuro Cemitério dos Livros Esquecidos às estreitas escadas do Raval e à praça do Barrio Gótico onde lia Nuria Monfort; pelos palácios e mercearias à sombra de Santa María del Mar, os jardins da Ciudadela, que o maléfico Corelli frequenta; dos escritórios de advogados do Ensanche às aristocráticas mansões de Pedralbes e ao casarão dos Aldaya no Tibidabo. Um percurso fascinante entre a cidade real e a romanesca que nos revela os segredos da Barcelona de Carlos Ruiz Zafón.

Guia da Barcelona de Carlos Ruiz Zafón xx

Guia da Barcelona de Carlos Ruiz Zafón xx €10

LT003360
2008
Sergi Doria
Disponib. - Indisponível

Mais detalhes
  • Ano
  • 2008
  • Idioma Original
  • Castelhano
  • Tradutor
  • Maria do Carmo Abreu
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT003360
  • ISBN
  • 9789896570002
  • Detalhes físicos

  • Nº Páginas
  • 239
Descrição

Prólogo de Sergio Vila-Sanjuán. Sergi Doria cartografa, em oito emocionantes rotas, os cenários barceloneses de três das obras de maior êxito do autor Carlos Ruiz Zafón: A Sombra do Vento, O Jogo do Anjo e Marina. Antes de explicar este livro, alertamos para aquilo que ele não é. Encontramos citações romanescas, mas não é um tratado de literatura; aparecem planos de Barcelona, mas não é um guia turístico. Também não é um ensaio histórico, embora factos e cronologias balizem o seu percurso. Do obscuro Cemitério dos Livros Esquecidos às estreitas escadas do Raval e à praça do Barrio Gótico onde lia Nuria Monfort; pelos palácios e mercearias à sombra de Santa María del Mar, os jardins da Ciudadela, que o maléfico Corelli frequenta; dos escritórios de advogados do Ensanche às aristocráticas mansões de Pedralbes e ao casarão dos Aldaya no Tibidabo. Um percurso fascinante entre a cidade real e a romanesca que nos revela os segredos da Barcelona de Carlos Ruiz Zafón.