• 967 224 138
  • Contactos

A árvore dos desejos

LT006185

William Faulkner

Editora Ponto de Fuga
Idioma Português PT
Estado : Novo
Encadernação : Capa dura
Disponib. - Em stock

€13
Mais detalhes
  • Código
  • LT006185

Descrição

A Árvore dos Desejos é o único livro infantil de William Faulkner e terá sido escrito pouco depois da publicação do seu primeiro romance, A Recompensa do Soldado (1926). Onírica e poética, a história, com personagens que encolhem, árvores que detêm poderes mágicos ou póneis que saem de uma sacola, antecipa vários recursos narrativos e estilísticos do romance mais célebre do autor, O Som e a Fúria (1929). A 5 de fevereiro de 1927, Faulkner ofereceu um exemplar de A Árvore dos Desejos, datilografado e encadernado por si, à pequena Victoria Franklin, que celebrava nesse dia o oitavo aniversário. Victoria era filha de Estelle Oldham, uma antiga namorada de adolescência por quem o escritor continuava apaixonado, a ponto de, insistentemente, tentar convencê-la a pôr termo ao casamento infeliz e a casar-se com ele, o que veio a conseguir em 1929. No entanto, até à morte de Faulkner, em 1962, a história nunca foi publicada. Em 1964, a Random House divulgou finalmente o texto que ficara na posse de Victoria, num livro-objeto magnificamente ilustrado por Don Bolognese com tiragem limitada de quinhentos exemplares. Seguiu-se, em 1967, uma edição convencional, também ela há muito esgotada, que serviu de base a esta primeira edição portuguesa.

A árvore dos desejos

€13

LT006185

William Faulkner
Editora Ponto de Fuga
Idioma Português PT
Estado : Novo
Encadernação : Capa dura
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Código
  • LT006185
Descrição

A Árvore dos Desejos é o único livro infantil de William Faulkner e terá sido escrito pouco depois da publicação do seu primeiro romance, A Recompensa do Soldado (1926). Onírica e poética, a história, com personagens que encolhem, árvores que detêm poderes mágicos ou póneis que saem de uma sacola, antecipa vários recursos narrativos e estilísticos do romance mais célebre do autor, O Som e a Fúria (1929). A 5 de fevereiro de 1927, Faulkner ofereceu um exemplar de A Árvore dos Desejos, datilografado e encadernado por si, à pequena Victoria Franklin, que celebrava nesse dia o oitavo aniversário. Victoria era filha de Estelle Oldham, uma antiga namorada de adolescência por quem o escritor continuava apaixonado, a ponto de, insistentemente, tentar convencê-la a pôr termo ao casamento infeliz e a casar-se com ele, o que veio a conseguir em 1929. No entanto, até à morte de Faulkner, em 1962, a história nunca foi publicada. Em 1964, a Random House divulgou finalmente o texto que ficara na posse de Victoria, num livro-objeto magnificamente ilustrado por Don Bolognese com tiragem limitada de quinhentos exemplares. Seguiu-se, em 1967, uma edição convencional, também ela há muito esgotada, que serviu de base a esta primeira edição portuguesa.