• 967 224 138
  • Contactos

Pátria, lugar de exílio (1ª ed.)

LT009065
1963?
Daniel Filipe

Editora Presença
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€15
Mais detalhes
  • Ano
  • 1963?
  • Colecção
  • Forma
  • Código
  • LT009065
  • Detalhes físicos
  • Dimensões
  • 12,00 x 18,00 x
  • Nº Páginas
  • 82

Descrição

Primeira edição

Daniel Filipe nasceu na Ilha da Boavista, Cabo Verde, em 1925. Veio para Portugal ainda criança, onde acabaria por concluir o Curso Geral dos Liceus. Mais tarde, foi co-director dos cadernos "Notícias do Bloqueio", colaborador assíduo da revista "Távola Redonda" e do jornal Diário Ilustrado (1956-), e também realizador, na Emissora Nacional, do programa literário "Voz do Império" e revista luso-brasileira Atlântico. Combateu a ditadura salazarista, sendo perseguido e torturado pela PIDE. Neste ano de 1962 / não como Hazim Hikmet no avião de pedra / mas na minha cidade / livre de ir onde quiser / e no entanto prisioneiro /neste ano de 1962 / exactamente / em Lisboa / Avenida de Roma número noventa e três / às três horas da tarde

Pátria, lugar de exílio (1ª ed.)

€15

LT009065
1963?
Daniel Filipe
Editora Presença
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Ano
  • 1963?
  • Colecção
  • Forma
  • Código
  • LT009065
  • Detalhes físicos

  • Dimensões
  • 12,00 x 18,00 x
  • Nº Páginas
  • 82
Descrição

Primeira edição

Daniel Filipe nasceu na Ilha da Boavista, Cabo Verde, em 1925. Veio para Portugal ainda criança, onde acabaria por concluir o Curso Geral dos Liceus. Mais tarde, foi co-director dos cadernos "Notícias do Bloqueio", colaborador assíduo da revista "Távola Redonda" e do jornal Diário Ilustrado (1956-), e também realizador, na Emissora Nacional, do programa literário "Voz do Império" e revista luso-brasileira Atlântico. Combateu a ditadura salazarista, sendo perseguido e torturado pela PIDE. Neste ano de 1962 / não como Hazim Hikmet no avião de pedra / mas na minha cidade / livre de ir onde quiser / e no entanto prisioneiro /neste ano de 1962 / exactamente / em Lisboa / Avenida de Roma número noventa e três / às três horas da tarde