• 967 224 138
  • Contactos

Sentimento da ausência (1ª ed.)

LT010237
1983
Amândio Sousa Dantas

Editora Edição de Autor
Idioma Português PT
Idioma Alemão
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€12
Mais detalhes
  • Ano
  • 1983
  • Tradutor
  • Margit Scharfe Poças
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT010237
  • Detalhes físicos
  • Dimensões
  • 11,00 x 18,00 x
  • Nº Páginas
  • 57

Descrição

Amândio Sousa Dantas, um dos autores mais relevantes da poesia limiana contemporânea, nasceu em Ponte de Lima em 1949. Em 1973 emigrou para a Alemanha onde trabalhou na fábrica de automóveis Volkswagen, em Osnabruck. Dessa experiência – e da sua índole saudosista muito próxima da de Feijó – resultaram os seus primeiros livros: “Sentimento da Ausência” (em português-alemão, 1981), “Poemas da Imigração” (1985), “Na Cidade Estrangeira” (1987) e “Emigrar na Primavera” (1991). Este ciclo, revelando já a têmpera de poeta autêntico e insubmisso, mereceu o aplauso e o apoio de entidades como o Departamento Cultural da Cidade de Osnabruck e da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas (entre outras) e de personalidades como Magret Poggemeir e Luciano Caetano Rosa, Leitor de Português na Univ. de Frankfurt.

Sentimento da ausência (1ª ed.)

€12

LT010237
1983
Amândio Sousa Dantas
Editora Edição de Autor
Idioma Português PT
Idioma Alemão
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Ano
  • 1983
  • Tradutor
  • Margit Scharfe Poças
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT010237
  • Detalhes físicos

  • Dimensões
  • 11,00 x 18,00 x
  • Nº Páginas
  • 57
Descrição

Amândio Sousa Dantas, um dos autores mais relevantes da poesia limiana contemporânea, nasceu em Ponte de Lima em 1949. Em 1973 emigrou para a Alemanha onde trabalhou na fábrica de automóveis Volkswagen, em Osnabruck. Dessa experiência – e da sua índole saudosista muito próxima da de Feijó – resultaram os seus primeiros livros: “Sentimento da Ausência” (em português-alemão, 1981), “Poemas da Imigração” (1985), “Na Cidade Estrangeira” (1987) e “Emigrar na Primavera” (1991). Este ciclo, revelando já a têmpera de poeta autêntico e insubmisso, mereceu o aplauso e o apoio de entidades como o Departamento Cultural da Cidade de Osnabruck e da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas (entre outras) e de personalidades como Magret Poggemeir e Luciano Caetano Rosa, Leitor de Português na Univ. de Frankfurt.