• 967 224 138
  • Contactos
com razao ou sem ela

Com razão ou sem ela

Claude Roy
Disponib. - Em stock

€6
Mais detalhes
  • Ano
  • 1960?
  • Colecção
  • Contemporânea
  • Idioma Original
  • Francês
  • Tradutor
  • Alexandre Cabral
  • Capa
  • Luís Jardim
  • Código
  • LT002974
  • Detalhes físicos
  • Nº Páginas
  • 257

Descrição

Ser herói duma história igual à de meio mundo, e ao mesmo tempo herói duma história singular, que é esta de ter de acreditar na morte quando mal se viveu a vida e ela parece interminável; sair ileso dum tanque destruído, túmulo do companheiro que, ainda há segundos, era um bem inestimável; caminhar depois por uma aldeia de pesadelo, silenciosa e vazia; subir, desconfiado, as escadarias dum palácio onde ninguém mora, abrir uma porta e, no mesmo gesto, abrir caminho ao sonho magnífico pelo qual se espera desde o romper da adolescência eis o destino do jovem Laurent. Claude Roy como autor de «Com Razão ou Sem ela, é feito prisioneiro, evade-se, vive uma existência sem amanhã marcado e o mesmo amor imprevisto, mas cheio de certezas.

Com razão ou sem ela

com razao ou sem ela €6

Claude Roy
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Ano
  • 1960?
  • Colecção
  • Contemporânea
  • Idioma Original
  • Francês
  • Tradutor
  • Alexandre Cabral
  • Capa
  • Luís Jardim
  • Código
  • LT002974
  • Detalhes físicos

  • Nº Páginas
  • 257
Descrição
Ser herói duma história igual à de meio mundo, e ao mesmo tempo herói duma história singular, que é esta de ter de acreditar na morte quando mal se viveu a vida e ela parece interminável; sair ileso dum tanque destruído, túmulo do companheiro que, ainda há segundos, era um bem inestimável; caminhar depois por uma aldeia de pesadelo, silenciosa e vazia; subir, desconfiado, as escadarias dum palácio onde ninguém mora, abrir uma porta e, no mesmo gesto, abrir caminho ao sonho magnífico pelo qual se espera desde o romper da adolescência eis o destino do jovem Laurent. Claude Roy como autor de «Com Razão ou Sem ela, é feito prisioneiro, evade-se, vive uma existência sem amanhã marcado e o mesmo amor imprevisto, mas cheio de certezas.