• 967 224 138
  • Contactos

A urgência de contar – Contos de mulheres dos anos 40

LT009644
2002
AA.VV.

Editora Caminho
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€15
Mais detalhes
  • Ano
  • 2002
  • Colecção
  • O Campo da Palavra
  • Código
  • LT009644
  • ISBN
  • 9789722114509
  • Detalhes físicos
  • Nº Páginas
  • 286

Descrição

Organização de Ana Paula Ferreira


«os textos aqui em foco expõem os condicionamentos bem como as consequências mais vastas da limitação das mulheres à identidade de esposas e mães ou, no pólo oposto, «mulheres perdidas». Escrever a partir da plataforma da diferença feminina não terá, por conseguinte, nada de ingénuo nem, muito menos, de vitimizante ou «natural»: trata-se, efectivamente, de utilizar um dispositivo discursivo em aparência inócuo («literatura feminina») para confrontar a exclusão das mulheres do espaço da cidadania, do fórum público. A necessidade, bem como a viabilidade, de serem ouvidas, e ouvidas como mulheres, sobre as estruturas sociais, económicas, legais, culturais e psicológicas que colonizam diversamente mulheres e homens de várias procedências de classe, meio geocultural e, em alguns casos, raça, explica por que «é que grande parte das escritoras que emergem entre finais dos anos trinta e finais dos anos quarenta envereda pelo género do conto e da novela. [...] Devido à sua própria multiplicidade (em contraste com um número mais limitado de intrigas romanescas), o conto torna-se, assim, veículo privilegiado de análise e, idealmente, combate dos vários mecanismos de poder que interactuam para disciplinar as mulheres, bem como os demais sujeitos da diferença, no âmbito da família-nação salazarista.» Ana Paula Ferreira, texto de apresentação da presente obra

A urgência de contar – Contos de mulheres dos anos 40

€15

LT009644
2002
AA.VV.
Editora Caminho
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Ano
  • 2002
  • Colecção
  • O Campo da Palavra
  • Código
  • LT009644
  • ISBN
  • 9789722114509
  • Detalhes físicos

  • Nº Páginas
  • 286
Descrição

Organização de Ana Paula Ferreira


«os textos aqui em foco expõem os condicionamentos bem como as consequências mais vastas da limitação das mulheres à identidade de esposas e mães ou, no pólo oposto, «mulheres perdidas». Escrever a partir da plataforma da diferença feminina não terá, por conseguinte, nada de ingénuo nem, muito menos, de vitimizante ou «natural»: trata-se, efectivamente, de utilizar um dispositivo discursivo em aparência inócuo («literatura feminina») para confrontar a exclusão das mulheres do espaço da cidadania, do fórum público. A necessidade, bem como a viabilidade, de serem ouvidas, e ouvidas como mulheres, sobre as estruturas sociais, económicas, legais, culturais e psicológicas que colonizam diversamente mulheres e homens de várias procedências de classe, meio geocultural e, em alguns casos, raça, explica por que «é que grande parte das escritoras que emergem entre finais dos anos trinta e finais dos anos quarenta envereda pelo género do conto e da novela. [...] Devido à sua própria multiplicidade (em contraste com um número mais limitado de intrigas romanescas), o conto torna-se, assim, veículo privilegiado de análise e, idealmente, combate dos vários mecanismos de poder que interactuam para disciplinar as mulheres, bem como os demais sujeitos da diferença, no âmbito da família-nação salazarista.» Ana Paula Ferreira, texto de apresentação da presente obra