• 967 224 138
  • Contactos

Auto dos danados (1ª ed.)

LT006758
1985
António Lobo Antunes

Editora Dom Quixote
Idioma Português PT
Estado : Como Novo
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€18
Mais detalhes
  • Ano
  • 1985
  • Capa
  • Fernando Felgueiras
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT006758
  • Detalhes físicos
  • Dimensões
  • 13,00 x 21,00
  • Nº Páginas
  • 323

Descrição

Primeira edição, 1985

Na segunda semana de Setembro de 1975, na casa da família, Diogo, o patriarca, agoniza, ao longo dos cinco dias da festa da povoação. Projecta-se assim para primeiro plano a festa de Monsaraz, no terceiro dia da qual a pega de um touro culminará na sua morte, desenrolando-se os preparativos em simultaneidade com a agonia do ancião, o qual virá a morrer ao mesmo tempo que o animal. Neste contexto, os vários membros da família contam do círculo de ódio em que estão aprisionados, e em que participam, introduzindo-nos nas histórias individuais, e do conjunto, desde crianças. Ao velho patriarca, a infância sofredora de filho punido a chicote, a traição do irmão e da mulher, a decepção com os filhos, levaram-no a proceder como dono de pessoas e bens, usufruindo do poder e do prazer malévolo de destruição de uns e de outros.

Auto dos danados (1ª ed.)

€18

LT006758
1985
António Lobo Antunes
Editora Dom Quixote
Idioma Português PT
Estado : Como Novo
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Ano
  • 1985
  • Capa
  • Fernando Felgueiras
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT006758
  • Detalhes físicos

  • Dimensões
  • 13,00 x 21,00
  • Nº Páginas
  • 323
Descrição

Primeira edição, 1985

Na segunda semana de Setembro de 1975, na casa da família, Diogo, o patriarca, agoniza, ao longo dos cinco dias da festa da povoação. Projecta-se assim para primeiro plano a festa de Monsaraz, no terceiro dia da qual a pega de um touro culminará na sua morte, desenrolando-se os preparativos em simultaneidade com a agonia do ancião, o qual virá a morrer ao mesmo tempo que o animal. Neste contexto, os vários membros da família contam do círculo de ódio em que estão aprisionados, e em que participam, introduzindo-nos nas histórias individuais, e do conjunto, desde crianças. Ao velho patriarca, a infância sofredora de filho punido a chicote, a traição do irmão e da mulher, a decepção com os filhos, levaram-no a proceder como dono de pessoas e bens, usufruindo do poder e do prazer malévolo de destruição de uns e de outros.