• 967 224 138
  • Contactos

Casa da margem esquerda e outras histórias

LT010214
1985
Nuno Bermudes

Editora Edição de Autor
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€20
Mais detalhes
  • Ano
  • 1985
  • Código
  • LT010214
  • Detalhes físicos
  • Nº Páginas
  • 111

Descrição

Capa e ilustrações de José Pádua


«Nuno Bermudes é considerado um dos melhores escritores, poetas e críticos moçambicanos. O seu primeiro livro de poemas "O Poeta e o Tempo" foi publicado, em Lourenço Marques e foi galardoado com o prémio Rui de Noronha. Em 1959, aparece a colectânea de contos, "Gandana", que obtem o prémio António Enes, tendo sido seleccionado o conto "Gandana", em 1980 para figurar na "Frankfurt Book Fare" de Frankfurt. Foi redactor chefe do jornal "Notícias" de Lourenço Marques, no qual criou a página "Moçambique 58" na qual colaboraram, a seu convite, alguns dos nomes mais representativos da literatura e arte moçambicana. Devido à intervenção do Nuno Bermudes o poeta José Craveirinha foi integrado como repórter do jornal, mas a sua enérgica acção em defesa do José Craveirinha, perseguido pela PIDE, e de outros colegas de redação, incompatibilizou-o com a administração do jornal e saiu.» in retornadosdafrica.blogspot.com

Casa da margem esquerda e outras histórias

€20

LT010214
1985
Nuno Bermudes
Editora Edição de Autor
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Ano
  • 1985
  • Código
  • LT010214
  • Detalhes físicos

  • Nº Páginas
  • 111
Descrição

Capa e ilustrações de José Pádua


«Nuno Bermudes é considerado um dos melhores escritores, poetas e críticos moçambicanos. O seu primeiro livro de poemas "O Poeta e o Tempo" foi publicado, em Lourenço Marques e foi galardoado com o prémio Rui de Noronha. Em 1959, aparece a colectânea de contos, "Gandana", que obtem o prémio António Enes, tendo sido seleccionado o conto "Gandana", em 1980 para figurar na "Frankfurt Book Fare" de Frankfurt. Foi redactor chefe do jornal "Notícias" de Lourenço Marques, no qual criou a página "Moçambique 58" na qual colaboraram, a seu convite, alguns dos nomes mais representativos da literatura e arte moçambicana. Devido à intervenção do Nuno Bermudes o poeta José Craveirinha foi integrado como repórter do jornal, mas a sua enérgica acção em defesa do José Craveirinha, perseguido pela PIDE, e de outros colegas de redação, incompatibilizou-o com a administração do jornal e saiu.» in retornadosdafrica.blogspot.com