• 967 224 138
  • Contactos
degelo em 2157

Degelo em 2157 xxx

LT003127
1963
Stefan Wul

Disponib. - Indisponível

€10
Mais detalhes
  • Ano
  • 1963
  • Colecção
  • Argonauta
  • Idioma Original
  • Francês
  • Tradutor
  • André Varga
  • Capa
  • Lima de Freitas
  • Código
  • LT003127
  • Detalhes físicos
  • Nº Páginas
  • 155

Descrição

Nº 76 da colecção Argonauta. Stefan Wul, um dos autores mais lidos e apreciados pelos leitores de FC, que se têm familiarizado com a sua obra através da Colecção Argonauta, volta a surgir por intermédio da tradução portuguesa de um dos seus romances mais curiosos e significativos: Degelo em 2157. Quais as transformações das condições reais de existência que decorreriam de um cataclismo cósmico dessa ordem? Como reagiriam os seres vivos ao novo condicionamento da sua vida? Perguntas perturbantes, às quais Stefan Wul responde num romance de singular originalidade, em que o imprevisto, a graça de narração e a própria intensidade do enredo conferem à leitura um interesse verdadeiramente envolvente. As qualidades que justificaram a atribuição do Grande Prémio de Ficção-Científica a Stefan Wul, manifestam-se mais uma vez em Degelo em 2157, que virá por certo robustecer e alargar a audiência de Stefan Wul junto do público leitor português.

Degelo em 2157 xxx

degelo em 2157 €10

LT003127
1963
Stefan Wul
Disponib. - Indisponível

Mais detalhes
  • Ano
  • 1963
  • Colecção
  • Argonauta
  • Idioma Original
  • Francês
  • Tradutor
  • André Varga
  • Capa
  • Lima de Freitas
  • Código
  • LT003127
  • Detalhes físicos

  • Nº Páginas
  • 155
Descrição

Nº 76 da colecção Argonauta. Stefan Wul, um dos autores mais lidos e apreciados pelos leitores de FC, que se têm familiarizado com a sua obra através da Colecção Argonauta, volta a surgir por intermédio da tradução portuguesa de um dos seus romances mais curiosos e significativos: Degelo em 2157. Quais as transformações das condições reais de existência que decorreriam de um cataclismo cósmico dessa ordem? Como reagiriam os seres vivos ao novo condicionamento da sua vida? Perguntas perturbantes, às quais Stefan Wul responde num romance de singular originalidade, em que o imprevisto, a graça de narração e a própria intensidade do enredo conferem à leitura um interesse verdadeiramente envolvente. As qualidades que justificaram a atribuição do Grande Prémio de Ficção-Científica a Stefan Wul, manifestam-se mais uma vez em Degelo em 2157, que virá por certo robustecer e alargar a audiência de Stefan Wul junto do público leitor português.