• 967 224 138
  • Contactos

Paris nunca se acaba

LT010050
2005
Enrique Vila-Matas

Editora Teorema
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Indisponível

€15
Mais detalhes
  • Ano
  • 2005
  • Tradutor
  • Jorge Fallorca
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT010050
  • Detalhes físicos
  • Dimensões
  • 17,00 x 23,00 x
  • Nº Páginas
  • 236

Descrição

«Relato dos seus anos de juventude na Paris dos anos 70, quando ia muito ao cinema e vivia numas águas-furtadas que lhe tinham sido cedidas por Marguerite Duras, espaço exíguo onde tentava dar forma à sua primeira novela ('A Assassina Ilustrada') 'Paris Nunca se Acaba' é, até agora, a melhor prova de que Vila-Matas não se acaba nunca. [...] com humor e imaginação, [Vila-Matas] cria inquietações e paradoxos, produz literatura para o estômago e para a cabeça.» Ana Cristina Leonardo, Expresso, Actual

Paris nunca se acaba

€15

LT010050
2005
Enrique Vila-Matas
Editora Teorema
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Indisponível

Mais detalhes
  • Ano
  • 2005
  • Tradutor
  • Jorge Fallorca
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT010050
  • Detalhes físicos

  • Dimensões
  • 17,00 x 23,00 x
  • Nº Páginas
  • 236
Descrição

«Relato dos seus anos de juventude na Paris dos anos 70, quando ia muito ao cinema e vivia numas águas-furtadas que lhe tinham sido cedidas por Marguerite Duras, espaço exíguo onde tentava dar forma à sua primeira novela ('A Assassina Ilustrada') 'Paris Nunca se Acaba' é, até agora, a melhor prova de que Vila-Matas não se acaba nunca. [...] com humor e imaginação, [Vila-Matas] cria inquietações e paradoxos, produz literatura para o estômago e para a cabeça.» Ana Cristina Leonardo, Expresso, Actual