• 967 224 138
  • Contactos
Tomás da Fonseca -  Poeta, lavrador, filósofo

Tomás da Fonseca - Poeta, lavrador, filósofo

LT003450
1984
Tomás da Fonseca

Disponib. - Indisponível

€10
Mais detalhes
  • Ano
  • 1984
  • Capa
  • Luís Osório
  • Código
  • LT003450
  • Detalhes físicos
  • Nº Páginas
  • 88

Descrição

José Tomás da Fonseca (Mortágua, 10 de Março de 1877 — Lisboa, 12 de Fevereiro de 1968) foi um agricultor, ex-seminarista, poeta, escritor, historiógrafo, jornalista, professor, político e militante republicano de cariz ateu e anticlerical português. Pertenceu ao Movimento de Unidade Democrática, à Maçonaria e ao Partido Comunista Português. Devido ao seu ateísmo militante, à sua verve polemista, às ideias republicanas, laicistas e ateias, às críticas às aparições em Fátima e à igreja católica, Tomás foi perseguido pela PIDE, preso diversas vezes e 14 dos seus livros foram censurados e banidos durante as ditaduras sidonista e salazarista.

Tomás da Fonseca - Poeta, lavrador, filósofo

Tomás da Fonseca -  Poeta, lavrador, filósofo €10

LT003450
1984
Tomás da Fonseca
Disponib. - Indisponível

Mais detalhes
  • Ano
  • 1984
  • Capa
  • Luís Osório
  • Código
  • LT003450
  • Detalhes físicos

  • Nº Páginas
  • 88
Descrição

José Tomás da Fonseca (Mortágua, 10 de Março de 1877 — Lisboa, 12 de Fevereiro de 1968) foi um agricultor, ex-seminarista, poeta, escritor, historiógrafo, jornalista, professor, político e militante republicano de cariz ateu e anticlerical português. Pertenceu ao Movimento de Unidade Democrática, à Maçonaria e ao Partido Comunista Português. Devido ao seu ateísmo militante, à sua verve polemista, às ideias republicanas, laicistas e ateias, às críticas às aparições em Fátima e à igreja católica, Tomás foi perseguido pela PIDE, preso diversas vezes e 14 dos seus livros foram censurados e banidos durante as ditaduras sidonista e salazarista.