• 967 224 138
  • Contactos

Tournée – Textos e fotografias 1991-2008

LT006609

Gonçalo Cadilhe

Editora Oficina do Livro
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€10
Mais detalhes
  • Código
  • LT006609

Descrição

Trata-se de um conjunto de crónicas - a maior parte já publicadas em livros anteriores de Gonçalo Cadilhe - divididas em "quatro pontos cardeais subjectivos", como explica o autor e viajante: - O que abre o livro, Ocidente, recolhe as viagens que efectuou "pelos territórios descobertos por Colombo, as suas ‘Índias’, todo o pedaço de planeta que resultou da empresa colombiana", a América Latina; - O Sul, "tudo o que nos está a Sul, e que vem precisamente do chamado ‘sul do mundo’ quando se quer falar das suas regiões mais miseráveis", África; - Oriente "é … oriente. Como dizia o título de um divertido filme paquistanês (…) ‘east is east’"; - Norte, que "aparece aqui como o contrário do sul: as regiões do mundo onde reinam a opulência, o supérfluo, um desmesurado bem-estar material jamais alcançado antes na História". Para Gonçalo Cadilhe, o seu Norte é o mundo ocidental, pelo que o livro termina no mundo ocidental. "É tempo de voltar a casa", escreve.

Tournée – Textos e fotografias 1991-2008

€10

LT006609

Gonçalo Cadilhe
Editora Oficina do Livro
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Código
  • LT006609
Descrição

Trata-se de um conjunto de crónicas - a maior parte já publicadas em livros anteriores de Gonçalo Cadilhe - divididas em "quatro pontos cardeais subjectivos", como explica o autor e viajante: - O que abre o livro, Ocidente, recolhe as viagens que efectuou "pelos territórios descobertos por Colombo, as suas ‘Índias’, todo o pedaço de planeta que resultou da empresa colombiana", a América Latina; - O Sul, "tudo o que nos está a Sul, e que vem precisamente do chamado ‘sul do mundo’ quando se quer falar das suas regiões mais miseráveis", África; - Oriente "é … oriente. Como dizia o título de um divertido filme paquistanês (…) ‘east is east’"; - Norte, que "aparece aqui como o contrário do sul: as regiões do mundo onde reinam a opulência, o supérfluo, um desmesurado bem-estar material jamais alcançado antes na História". Para Gonçalo Cadilhe, o seu Norte é o mundo ocidental, pelo que o livro termina no mundo ocidental. "É tempo de voltar a casa", escreve.