• 967 224 138
  • Contactos
Vida de Ramón xx

Vida de Ramón xx

Luísa Costa Gomes
Disponib. - Por encomenda

€10
Mais detalhes
  • Ano
  • 1991
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT001969
  • ISBN
  • 9789722008471
  • Detalhes físicos
  • Nº Páginas
  • 259

Descrição

Primeira Edição. Ramon Llull nasceu em Maiorca e viveu no Mundo. Passeou a sua indomável autonomia pelo Mediterrâneo, África do Norte, Ásia Menor, espalhando sonhos e ideais de outras épocas, passadas e futuras. O mesmo homem que ficou para os tempos como o Doutor Iluminado, o Fantástico, o Louco de Amor Divino, autor de um método complexo e desconcertante de alcançar a verdade, foi também o primeiro a escrever na sua língua, o catalão, para poder ser compreendido pelo homem vulgar. O mesmo que pregou a vocação universalista do Cristianismo, a cruzada para a Reconquista das Terras Santas, querendo acolher todos os povos na mesma fé, reconhecia-se açor solitário, eremita, cavaleiro espiritual. O mesmo homem que fez missão da sua vida converter os Infiéis e sofrer por eles o martírio ficou na história como o grande divulgador da cultura muçulmana e introdutor dos Estudos Árabes no Ocidente. E esta é apenas uma das ironias do seu destino paradoxal.

Vida de Ramón xx

Vida de Ramón xx €10

Luísa Costa Gomes
Disponib. - Por encomenda

Mais detalhes
  • Ano
  • 1991
  • Edição
  • 1
  • Código
  • LT001969
  • ISBN
  • 9789722008471
  • Detalhes físicos

  • Nº Páginas
  • 259
Descrição

Primeira Edição. Ramon Llull nasceu em Maiorca e viveu no Mundo. Passeou a sua indomável autonomia pelo Mediterrâneo, África do Norte, Ásia Menor, espalhando sonhos e ideais de outras épocas, passadas e futuras. O mesmo homem que ficou para os tempos como o Doutor Iluminado, o Fantástico, o Louco de Amor Divino, autor de um método complexo e desconcertante de alcançar a verdade, foi também o primeiro a escrever na sua língua, o catalão, para poder ser compreendido pelo homem vulgar. O mesmo que pregou a vocação universalista do Cristianismo, a cruzada para a Reconquista das Terras Santas, querendo acolher todos os povos na mesma fé, reconhecia-se açor solitário, eremita, cavaleiro espiritual. O mesmo homem que fez missão da sua vida converter os Infiéis e sofrer por eles o martírio ficou na história como o grande divulgador da cultura muçulmana e introdutor dos Estudos Árabes no Ocidente. E esta é apenas uma das ironias do seu destino paradoxal.